Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Kuala Lumpur, capital da Malásia. Uma aventura para quem pedala

Com 1,6 milhões de habitantes, mais de 7 milhões se considerar a Grande Kuala Lumpur, a capital da Malásia é muito parecida com São Paulo do ponto de vista de um ciclista. Motoristas apressados, vias rápidas sem acostamento, e quase nenhuma estrutura para ciclista torna a cidade muito difícil para pedalar. Isso sem falar nos motoristas sem educação…

Chegar ao centro da cidade onde fica meu hotel foi uma verdadeira aventura. Por sorte, cheguei em um domingo a tarde quando o trânsito é mais calmo. O caminho que meu GPS indicou possuía apenas um pequeno trecho de ciclovia. Depois, tive que me aventurar por avenidas rápidas e interligações muito parecidas com as marginais de São Paulo. Em alguns trechos achei uma faixa exclusiva para motos. A velocidade média dos carros e motos são altas comparadas a outras cidades do sudeste asiático, me senti razoavelmente seguro apenas nas faixas exclusivas. Pedalar aqui me deixou tenso! É mais ou menos como pedalar em São Paulo, é preciso prestar muita atenção em tudo… Com o agravante de não conhecer o caminho.

Para se ter uma ideia, costumo fotografar ciclistas em todos os lugares por onde passo, seja pedalando ou circulando a pé pela cidade. Já estou na cidade a três dias e não consegui fotografar ninguém pedalando.

Pedalando na faixa exclusiva para motos chegando em Kuala Lumpur.
Pedalando na faixa exclusiva para motos chegando em Kuala Lumpur.

O calor e as fortes chuvas estão atrapalhando bastante minha visita. Mesmo assim, consegui visitar alguns dos principais pontos turísticos da cidade, com destaque para as maiores torres gêmeas do mundo.

IMG_4089
Torre Menara Kuala Lumpur – 421m de altura
IMG_4097
China Town – Kuala Lumpur
IMG_4118
Torres Gêmeas de Petronas – Kuala Lumpur – 452m de altura
IMG_4087
Kuala Lumpur
Mesquita Masjid Jamek – Kuala Lumpur.

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

13 respostas

  1. Olá…pelas fotos, a tensão no trânsito foi compensada pelo visual…a 1ª impressão é q a arquitetura local é bem majestosa.
    Muito linda!
    Aproveite.
    Bj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − três =