Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

O meu embarque para China

Passei o dia todo tranquilo! Tudo já estava devidamente empacotado. Na véspera passei um grande susto! A capa impermeável da mochila que a Arara Una confeccionou carinhosamente ficou pequena e simplesmente não entrou na mochila. E agora? Na primeira chuva estaria com meus equipamentos e roupas molhados. Confesso que fiquei tenso até conseguir uma solução, cerca de 40 minutos depois.

Minha cabeça não parava de pensar e eu não aceitava a ideia de um projeto legal como o meu ter que usar um saco de lixo para resolver o problema. Ok! Era uma saída, mas não me agradava em nada. A maneira que encontrei para solucionar o problema foi confeccionar uma nova capa com uma lona leve e impermeável que eu costumo levar em minhas viagens. Mas como conseguir alguém para costurar na sexta feira, feriado nacional? Bom, consegui uma costureira e no sábado 10:00h da manha já estava com o problema resolvido. Gastei uma graninha a mais, mas voltei à calma novamente. Deu até pra conferir o titulo do Verdão no Pacaembu e sair para jantar para comemorar os 45 anos de casado dos meus pais.

No aeroporto outro gasto extra. Embora minha bagagem tenha ficado dentro do peso, 29.8 kg a mochila e 31kg a bike, a caixa da bicicleta ultrapassou as medidas de volume e tive uma super despesa extra no embarque. Coloquei a bike na caixa para protegê-la. A recepcionista da Turkish Airlines até disse para eu tirar a bike da caixa, mas em uma viagem longa como essa, com uma conexão, achei melhor pagar. Mais seguro! Mas fica o alerta aos meus amigos ciclo turistas.

Eu não sou muito bom de despedidas, principalmente quando sou eu que estou partindo. É uma sensação esquisita deixar tudo para traz por quase 6 meses e se sentir excitadíssimo por realizar um sonho. Mas como sempre digo, para ter alguma coisa, necessariamente é preciso abrir mão de outras…

Dei um rápido abraço em todos, e outro mais demorado em minha filha Ana Laura…

Consegui disfarçar a emoção na frente deles e fui ao banheiro me recompor e enxugar as lágrimas depois de passar pela imigração. Emoção pura!

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

29 respostas

  1. Olá meu caro!
    Agora na prática entenderá o que chamamos de Gerenciamento de Riscos, espero que não hajam muitos outros! Que os Santos te protejam e afastem os tufões, furacões e enchentes de seu caminho! Abrs, até a volta, Sérgio

  2. GRANDE CUMPADI, NÃO PUDE IR NO CHURRAS, MAS SAIBA QUE EU E A PEQUENA PRI ESTAMOS COM VC EM PENSAMENTO E TORCENDO MTO POR VC E SUAS CONQUISTAS!!!
    Tentamos te ligar mas ja era tarde….
    UM FORTE ABRAÇO E UM GRANDE BJO!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 4 =