Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Um verdadeiro espetáculo enclausurado e a céu aberto ao mesmo tempo

Hoje desviamos um pouco nosso trajeto para visitar a Caverna Phraya Nakhon dentro do parque nacional Khao Sam Roi Yot.  A caverna é acessível através de duas trilhas, uma de 1,5 km e outra de 430m.  Pode-se ir de barco e pular a primeira trilha, mas a segunda não tem jeito.    

Como o trajeto por aqui  é muito plano e não nos permite muitas vistas panorâmicas, optamos por encarar a pé a trilha apostando no visual. E deu certo! Depois de muito sobe e desce chegamos  em uma linda praia, de onde dava-se início a outra trilha.  Essa trilha, meu amigo, foi de doer apesar da curta distância.  Forte calor e chão irregular. Levamos uma garrafa de água por sorte, mas ainda ficamos com sede na volta…. A cada degrau que subia pensava que era melhor aquela caverna não me decepcionar… pois passei por outras muito legais na China e estava com a expectativa cada vez mais alta, a medida em que a dificuldade da trilha aumentava.

Chegamos em uma espécie de saguão e dali já pude perceber que não se tratava de nada parecido com as demais cavernas que encontrei no caminho.

Essa era especial.  O teto altíssimo e imponente era surpreendentemente vazado, permitindo a entrada de raios de sol o que permite florescer vegetação nativa.  Uma incrível combinação de rochas, luz solar e muito verde.  Um verdadeiro espetáculo enclausurado e a céu aberto ao mesmo tempo, se é que isso é possível.  Difícil mesmo explicar… melhor dar uma conferida nas fotos…

Vista da trilha.
Vista da trilha.
A trilha e o terreno irregular.
A trilha e o terreno irregular.
Cavernas Phraya Nakhon.
Cavernas Phraya Nakhon.
Cavernas Phraya Nakhon
Cavernas Phraya Nakhon
Linda vegetação na Cavernas Phraya Nakhon.
Linda vegetação na Cavernas Phraya Nakhon.

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

9 respostas

  1. O lugar deve ser realmente incrível…combinação perfeita da rocha com a vegetação…mais uma vez, um belo presente da Natureza aos nossos olhos.
    Bj

  2. Aurélio a forma como está sendo escrito, acompanhada pelas belas fotos tornam essa aventura cada dia mais interessante. Fantástico! Abraços e boa viagem!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 5 =