Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Últimos dias de pedal na Tailândia

Como o vídeo que postei ontem era muito pesado, e o hotel que ficamos muito barato, levei quase a noite toda para baixar o vídeo.  Por isso vou condensar os melhores momentos do pedal de ontem e hoje:

Bando de macacos a beira da estrada.
Bando de macacos a beira da estrada.

Logo que o pedal começou, encontramos uma família toda de macacos que parecia aguardar nossa passagem… eram mais ou menos dez em cima do guardrail e só saíram dali quando cheguei bem pertinho.

Depois talvez a hora mais engraçada do dia… Paramos para almoçar em um lugar que parecia movimentado demais para ser verdade.  Os restaurantes nunca ficam tão lotados.  Passamos em frente, fizemos um sinal com a mão indicando “comida” “food” acenaram que sim… e paramos famintos. Começaram a servir comida sem a gente pedir, um monte de comida… aquilo não era normal…  Minutos depois descobrimos que era uma festa!  Nem entendemos direito de que se tratava a festa, mas tinha um cunho religioso (budista)…  Comemos muuuito e tentamos nos comunicar sem muito sucesso com os demais convidados.  Estar de bicicleta e com cara de cansado deve ter ajudado na decisão de nos convidarem….

Cynthia e eu de "bicões" na festa em homenagem a Buda.
Cynthia e eu de “bicões” na festa em homenagem a Buda.

Chegamos em uma cidadezinha já no litoral, e decidimos nos hospedar em um lugar que parecia inofensivo e barato.  Todo mundo sabe que o barato sai caro, certo?  Não deu outra!  Além da internet lastimável que já mencionei, o quarto ainda tinha um forro que a noite escutamos passos e barulhos de bichos não nos deixaram dormir (eu não, a Cynthia).  Ela fala que eram ratos, mas estou tentando convencê-la que eram esquilos. KKKK… Eram muitos!

A pousada barata que saiu caro!
A pousada barata que saiu caro!

Hoje o pedal rendeu um pouco mais e o trajeto foi mais interessante, já que estamos chegando em áreas mais turísticas.  Muitos gringos na rua e ambiente mais “internacional”…  A estradinha era bem mais tranquila e bem sinalizada que nos dias anteriores.  Pedalamos cerca de 150 km em dois dias entre Hat Chao Samram e Pak Nam Pran.

Palácio  Real Phra Ratchaniwet Marukhathaiyawan.
Palácio Real Phra Ratchaniwet Marukhathaiyawan.

Aproveitamos para conhecer um palácio real que me fizeram colocar uma espécie de saia pois não era permitido entrar de bermuda.  Os locais depois que me viram não queriam mais saber de ver o palácio, eu era a atração do lugar.  Olhem que elegância.

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

6 respostas

  1. Ah, se achando muuuiiito fashion!!!!! Pensando bem, ficou bacana mesmo. 🙂 Puxa, estou total desatualizada… Andei fora do ar… Preciso ver vários vídeos!! Beijos na Cynthia, outro em você!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 5 =