Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Algumas fotos que fiz de Seul até Busan na Coréia do Sul

Com um frio de lascar fica difícil fazer fotos. Quando se tira a luva os dedos enrijecem rapidamente e depois fica dolorido segurar no guidão. As pontas dos dedos adormecem e isso acaba me desestimulando um pouco. Outro ponto é que em algumas vezes a máquina que viaja no quadro da bike não responde muito bem ou simplesmente não funciona. O botão do zoom, por exemplo, quando acionado para aproximar a imagem não para e corre até o final. Mesmo assim, consegui alguns clicks nessa primeira etapa da viagem pela Coréia do Sul.

Ponte refletida em rio congelado - Ciclovia Seul - Busan - Coréia do Sul
Ponte refletida em rio congelado – Ciclovia Seul – Busan – Coréia do Sul
Por-do-sol na  Ciclovia Seul - Busan - Coréia do Sul
Por-do-sol na Ciclovia Seul – Busan – Coréia do Sul
Neve na floresta - Ciclovia Seul - Busan - Coréia do Sul
Neve na floresta – Ciclovia Seul – Busan – Coréia do Sul
Cascata de gelo - Ciclovia Seul - Busan - Coréia do Sul
Cascata de gelo – Ciclovia Seul – Busan – Coréia do Sul
Ciclovia Seul - Busan - Coréia do Sul
Ciclovia Seul – Busan – Coréia do Sul
Rio parcialmente congelado - Ciclovia Seul - Busan - Coréia do Sul
Rio parcialmente congelado – Ciclovia Seul – Busan – Coréia do Sul
Ciclovia Seul - Busan - Coréia do Sul
Ciclovia Seul – Busan – Coréia do Sul
Vendedora de mariscos - Mercado de peixes - Busan - Créia do Sul
Vendedora de mariscos – Mercado de peixes – Busan – Créia do Sul
Busan - Coréia do Sul
Busan – Coréia do Sul
Foto clássica da Gwangandaegyo Bridge - Busan - Coréia do Sul
Foto clássica da Gwangandaegyo Bridge – Busan – Coréia do Sul

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

10 respostas

  1. nossa TATO se os dedos não endurecem as fotos ficariam melhores ?
    estão lindas a que tirou da bicicleta de aco com a sua ficou maravilhosa bjs saudade

    1. Olá, obrigado por escrever. De alguma forma, perdi sua mensagem. Desculpe por responder somente agora. Espero que ainda vale! Por estar no nível do mar, a Ilha de Busan neva menos. Pelo que parece, já que não passei muto tempo por lá, e seria bom checar as condições no inverno, só neva no topo do vulcão que é bem alto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 7 =