Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Rússia, a viagem e os encontros…

De Bologoye até Valday, pedalei em uma estradinha secundária bem tranquila, beirando rios, lagos, florestas e cruzando algumas vilas abandonadas. Meu objetivo do dia era conhecer o monastério de Valday, que fica em uma ilha no meio do lago que banha a cidade e achar um lugar para acampar por ali. Chegando lá, parei na ponte que da acesso a ilha, onde alguns locais tentavam a sorte em uma pescaria. Sempre estou atento à possibilidade de incrementar o meu jantar. Carrego um kit de pesca com iscas artificiais. Enquanto sondava a pescaria, dois meninos, atraídos pela minha bike vieram conversar comigo.

Nikita, Filipp e eu em Valday, Rússia.
Nikita, Filipp e eu em Valday, Rússia.
Acampamento ao lado do lago, Valday, Rússia.
Acampamento ao lado do lago, Valday, Rússia.

Filipp e Nikita, de 12 e 14 anos, passeavam pelo ilha com suas bikes e mesmo com um vocabulário limitado, se esforçaram bastante para me ajudar. É o que sempre digo! Quando existe boa vontade, dá-se um jeito de se comunicar. Com poucas palavras ditas em inglês, estabelecemos um diálogo suficiente para nos entender. De vez em quando usamos o tradutor do celular.

Crianças adoráveis! Quando acabei a visita no monastério, me indicaram um lugar para reabastecer minhas caramanholas, comprar comida e acampar. Comprei pão e queijo cottage na lojinha do monastério, que temperei com pimenta do reino, cebola picadinha e azeite. Os meninos, depois de me ajudarem a levantar acampamento e tentar achar minhocas para pescaria, se deliciaram com meu jantar.

IMG_4432
Monastério em Valday, Rússia.
Igreja do monastério em Valday, Rússia.
Igreja do monastério em Valday, Rússia.
Teto da igreja do monastério em Valday, Rússia.
Teto da igreja do monastério em Valday, Rússia.

A pescaria foi um fracasso. Mas a noite foi ótima. No outro dia, os dois me aparecem 7 da manhã com suco e maçãs e cheios de apetite pelo meu queijinho temperado. Estava uma delícia mesmo! Me levaram para um rápido tour em Valday e nos despedimos. Eu adoro encontrar locais pelo caminho, mas quando se trata de crianças, fico ainda mais feliz! Criança é certeza de sorriso e alegria! Uma curiosidade sadia, sem interesse!

IMG_4447
Feira de rua em Valday, Rússia.
IMG_4453
Típica vendinha de chá, café e tortas de beira de estrada. Rússia.

Cai de novo na auto-estrada e o pedal voltou a ser chato. Mas em uma viagem de bike, embora tudo possa parecer repetitivo, nunca um dia é igual ao outro. Sempre acontece alguma coisa que tempera a viagem. Depois de parar em um restaurante de beira de estrada para recarregar GPS e celular, segui viagem sem muita empolgação, tomando um cuidado danado com os caminhões, pois vez ou outra o acostamento ficava bem estreito.

E foi parado no acostamento que encontrei Bogdan consertando o pneu furado de sua bike. O sérvio, também seguia para St. Petersburgo e depois para a Finlândia, onde pretende arrumar emprego. Conversador, daqueles que fala mais que a boca, acabou sendo um boa companhia para acampar e viajar até Veliky Novgorod no outro dia pela manhã. Chegamos a cidade perto do meio dia. Ele se foi, eu fiquei, com a intenção de conhecer uma das cidades mais importantes do leste europeu na era medieval.

Borgdan, o sérvio que encontrei na estrada arrumando o pneu furado de sua bike. Rússia.
Borgdan, o sérvio que encontrei na estrada arrumando o pneu furado de sua bike. Rússia.

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − nove =