Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Cicloturismo na Estônia – A EuroVelo 10 é sensacional!

TEMPORADA ESTÔNIA –

EPISÓDIO #1 –

Tallinn, a capital da Estônia, possui aproximadamente 400 mil habitantes, cerca de 1/3 da população do país.

Fundada no século XII, é a capital mais antiga do Leste Europeu e a cidade medieval mais bem preservada da Europa. Embora moderna, com prédios envidraçados, grandes shoppings e wi-fi em boa parte da região central, é o centro velho (Old Town) a maior atração da cidade.

Cercada por muralhas imponentes do século XIV e XV, ruas sinuosas de pedras e escadarias formam um pequeno labirinto entre pátios animados por artistas de ruas caracterizados com vestimentas da época, igrejas medievais com torres majestosas e pináculos pitorescos, palácios barrocos, cafés sofisticados em estilo renascentistas, casarões clássicos, vilas em Art Nouveau, e o interessante gótico estoniano, tornando o passeio a pé interessante, único.

A atmosfera é completada com galerias de arte, cafés e restaurantes sofisticados, lojas de souvenires, e bancos em pracinhas arborizadas que são disputados todos os dias por milhares de turistas que chegam em sua maioria em cruzeiros marítimos.

A vista da parte alta da fortaleza também é bastante interessante. Torres e minaretes despontam entre telhados vermelhos com o mar e os enormes transatlânticos ao fundo.

Para completar, uma vasta rede de ciclovias conecta a cidade à parques, praias, florestas e cachoeiras nos arredores. A Estônia tem apenas 45.226 km², mais ou menos o mesmo tamanho do estado do Espírito Santo, é essencialmente constituído por planícies e seu ponto mais alto tem apenas 318 m de altitude. Possui mais de 1.400 lagos, 1.500 ilhas e 3.500 km de costa com baías, estreitos e enseadas. As florestas ocupam 47% do território, muito bem cuidadas e com vários pontos de apoio chamados RMK. Os RMKs oferecem uma estrutura simples de acampamento com lareira e banheiro. Alguns possuem água, mas é sempre bom se prevenir.

As ciclovias são de excelente qualidade, com boa sinalização, e quando é preciso compartilhar a via com os carros, o movimento nas estradas é bem baixo. Eu segui a rota Euro Vale 10, conhecida como Ciclovia do mar Báltico. O pedal foi um dos mais prazerosos que já fiz!

Em muitos pontos a ciclovia é exclusiva e em geral por estradas secundárias, passando por igrejas seculares, cruzando bosques e parques nacionais, margeando o mar báltico e lagos, e cortando cidadezinhas que parecem ter parado no tempo.

As quatro estações do ano na Estônia tem quase a mesma duração e são bem definidas, com maior precipitação exatamente nesta época, final de verão começo de outono! A partir de agora, os dias no hemisfério norte são cada vez mais curtos, fazendo a temperatura dos termômetros despencarem. As aves começam a rumar para o sul, as folhas das árvores começam a amarelar e a caírem, e eu, preciso correr para o sul para fugir do frio.

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 2 =