Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Cicloturismo na Rússia – Impressões gerais

TEMPORADA RÚSSIA –

EPISÓDIO #5 –

A Rússia acabou sendo uma grande surpresa positiva! A começar por Moscou, que se revelou uma cidade moderna, organizada e muito bonita. Você pode conferir toda a temporada, clicando no link acima.

Foram 33 dias acampando ou na casa dos locais. Não precisei gastar nenhum centavo com hospedagem em mais de 1200 km pedalados. Em todos os lugares que passei, fui muito bem recebido. Seja com os membros do Warmshowers e Couchsurfing, ou nos encontros inesperados na beira das estradas mesmo com dificuldade de comunicação. O povo russo é totalmente diferente dos personagens carrancudos que acostumamos ver nos filmes produzidos pelos Norte Americanos. Generosos, sorridentes e no geral, muito amistosos.

A gastronomia, pelo menos nessa época do ano, é bastante diversificada. As sopas são servidas em praticamente todas as refeições, juntamente com o pão e o creme azedo. Também se consome muita batata, beterraba, repolho, e carne. Dizem que consomem muito cordeiro, mas na região que visitei a estrela foi o porco!

As estradas na Rússia, na sua grande maioria são seguras, com acostamento limpo e amplo. O trânsito é um pouco mais problemático nas proximidades das grande cidades. As estradas secundárias são bem tranquilas. Embora mais longas e sinuosas, são muito agradáveis nessa época do ano, com muita sombra e bons lugares para camping selvagens. Talvez por isso, não encontrei muitas ciclovias entre cidades, embora exista principalmente nos pontos mais movimentados. O único contra ponto das estradas é que não oferecem vistas devido as plantações e florestas de coníferas que bloqueiam o horizonte. Mas que por outro lado, ajuda a cortar o vento.

Geralmente as cidades grandes e médias possuem uma rede de ciclovias bastante interessante, que atendem bem aos turistas, embora os locais reclamam bastante da infraestrutura.

Nesta época, os dias também são mais longos, o que permite imprimir um ritmo mais moderado e ainda sobra tempo para desfrutar as surpresas do caminho.

No meus últimos dias no país, fiquei hospedado na casa de Gosha e mais uma vez tive a oportunidade de conviver com os locais. Passeamos em bicicleta, fomos conhecer algum dos lugares que fazem parte do cotidiano da família e é claro que rolou muita vodka ao lado da fogueira!

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × um =