Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Já levei vários carreirões de cachorros no Brasil! Mas nada parecido com o que aconteceu hoje.

Deixei o hotel à procurar de um lugar para tomar café da manhã como faço todos os dias. Lá longe avistei uma dupla de cães entre a rua e um terreno tomado pelo mato. Eles estavam longe e deu tempo para aumentar a velocidade… fui para o outro lado da rua para me afastar e segui pedalando… de olho neles.

A princípio os cães  estavam de costas o que me deu uma certa tranquilidade… e lá fui, já bem embalado e fincando os pés nos pedais!

Fui me aproximando e meu ângulo de visão foi aumentando… Ô loco! Pensei!!!! Tem mais uns três, cinco… putz!! Que monte!!!

Parei de contar quando passei em um pequeno quebra molas e meu trailer fez um barulho suficiente para chamar a atenção de um deles que começou a latir e imediatamente veio em minha direção seguido pelos “comparsas”.

Disparei um FDP e acelerei o mais que pude! Não foi suficiente para me livrar… A cainçalha começou a me cercar e disparar latidos nada amigáveis… Os dois que estavam na frente investiam contra meu pneu dianteiro e os outros atacavam dos lados e por trás…

Comecei a ziguezaguear e gritar… e como um time bem treinado eles investiam se revezando… uns 5 ou 6 de cada lado e os dois na frente, tentando me fazer parar de pedalar… Quase perdi o controle quando um deles tocou de leve a roda…

O ziguezague e os meus gritos e palavrões faziam-nos refugar e outro imediatamente atacava do outro lado! Cravei os dedos no guidão e fiz força… com medo danado de cair da bike e ser estraçalhado por aqueles dentões…

Um deles atacou o meu trailer com uma bocada… senti o puxão… nem olhei para trás… e enfim eles cansaram…

Rapaz!!! Foi um susto e tanto! Fiquei puto! Lá na frente parei… esperei um pouco, recuperei o fôlego e voltei para pegar a minha caramanhola que caiu na confusão.

Ainda consegui fotografar dois dos bandidos.
Ainda consegui fotografar dois dos bandidos.
A mordida de um dos cães rasgou a capa que protege o trailer.
A mordida de um dos cães rasgou a capa que protege o trailer.

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

16 respostas

  1. Sei que você foge um pouco desta linha de autoajuda, energias etc., mas vou me arriscar a te dar uma dica que para mim funciona. Quando vê um cão, comece a pensar Eu te amo e respirar, Eu te amo e respirar… o cão entra nesta vibração. Esta dica eu peguei de um livro chamado, Limite Zero, do Joe Vitale, utilizando uma técnica chamada Ho´oponopono. Se lhe servir, ótimo. Se não lhe servir, delete e pedale em frente kkkkk. bjs

  2. Esta cena merecia ter um vídeo…bonitinhos e bem treinados…eles só queriam fazer amizade e ser fotografados pra postar no blog kkkkkk.
    Bjs e se cuida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + dezesseis =