Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Arquipélago Lofoten – “Aqua mater” do bacalhau


Todos os anos, no final do outono no Hemisfério Norte, quando o gelo começa a tomar conta dos mares do Ártico, os bacalhaus Gadus Morhua adultos, em idade de procriação migram em direção a um único destino – o Arquipélago de Lofoten, na região Noroeste do Mar da Noruega. Ali, a natureza, talvez por capricho, faz acontecer a maior anomalia térmica planetária em relação à latitude e, mesmo a um grau acima do Círculo Polar Ártico, acontece um clima ameno, muito diferente de outros locais com o mesmo paralelos no Globo, como o Alaska e a Groenlândia.


O “milagre” do clima das Lofoten se dá pela Corrente do Golfo (Gulf Stream), uma gigantesca e potente circulação de água quente que se desloca rapidamente por milhares de quilômetros, indo do Golfo do México, zona do Equador, em direção ao Pólo Norte, transportando o calor para toda a Europa ocidental. Chegando ao Mar da Noruega, a água da Corrente do Golfo, mais quente e mais salgada, encontra as águas frias e menos salgadas vindas do pólo; sendo mais densa devido à sua maior salinidade, ela desce em direção às profundezas do oceano e é em busca dela que os bacalhaus rumam para o arquipélago.
Por mais de 1000 anos, as ilhas têm sido um grande centro pesqueiro de bacalhau, particularmente no inverno, quando a chegada dos primeiros cardumes ao arquipélago, em meados de dezembro, é aguardada com ansiedade e festejada por toda a população local que chega a quintuplicar com a vinda de pescadores profissionais e amadores.

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

3 respostas

  1. Já ficamos sabendo do queijo. Agora o Bacalhau. Com todos aqueles vinhos europeus. Estou começando a ficar com vontade de conhecer a noruega!!!! abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − dezesseis =