Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Faltam 24 dias para a viagem…
Estou em Marília aproveitando o último feriado com a família. Tenho pedalado muito na estrada por aqui. O transito é mais tranqüilo! A chuva é a mesma de São Paulo.
A peça de adaptação do trailer está me dando algum trabalho. Ontem em Oriente, cidade aqui perto, perdi um parafuso do engate. Ainda bem que as coisas não mudaram muito por lá nos últimos anos, e ficou fácil achar a única bicicletaria da cidade.
A imprensa de Marília tem divulgado bastante o “Noruega By Bike”. Foram várias matérias nos três principais jornais da cidade. Hoje foi a vez de a rede Record regional gravar uma entrevista comigo.
Entre as pessoas que converso, uma das grandes preocupações é sobre o percurso. Como são as estradas por lá? Tem muita subida? Qual as distância entre as cidades? Como você estudou o roteiro?
Estudei as distancias pelo Google maps e através de um mapa rodoviário. No entanto, essas duas ferramentas não me deram a real perspectiva do terreno. Aprendi a estudar a topografia dos mapas e descobri na internet um endereço que me dá uma perspectiva mais real. Um site norueguês que mostra as estradas em 3D. Além de estudar os anéis de elevação do terreno em um mapa topográfico, consigo visualizar isso no site: http://kart.finn.no/

Carnival on the road!

24 days for the trip….
I am in Marília enjoying the last holiday with my family. I have been pedaling a lot on the roads around here. Traffic is quieter! But it rains as much as in Sao Paulo.
The adaptation part of my trailer is giving me some work. Yesterday in Oriente, a town near here, I lost a coupling screw. Thanks God that things haven’t changed much there in the last years, and so it was easy to find the only bike shop in town.

The press in Marilia has divulged a lot “Norway by bike”. There were many articles published in the three main newspapers of the city. Today Record a television broadcast of the region made an interview with me. Amongst the people I talked, one of the greatest worries is about the route. How are the roads down there? Are they very hilly? What are the distances between the cities? How did you study the route?
I studied the distances through the Goggle maps and through a road map. However these two tools didn’t give me a real prospect of the land. I learned how to study the maps topography and found out in the internet an address that gives me a more realistic perspective. A Norwegian site that shows the roads in 3D. Besides studying the land elevation rings in a topographic map, I can also visualize it in the site: http://kart.finn.no/

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − seis =