Aurélio Magalhães – Da China Para Casa by Bike

BLOG

Honningsvag Noruega, a cidade mais ao norte do mundo

Chegando ao extremo norte


Hoje cheguei a Honningsvag, a cidade mais ao norte do mundo a 71⁰ de latitude norte. Honningsvag é uma espécie de acampamento base para os mochileiros que vão a Nordkapp. É o último albergue. Fica a 33 km até o ponto extremo norte da Europa. Muita gente vai até lá e volta no mesmo dia. Meu plano é esse também.
Para chegar aqui pedalei 52 km. Peguei o maior túnel da viagem com 6870m. O túnel cruza o oceano chegando a 212m abaixo do nível do mar. Um congelador! 4 km de subida.

O pior de todos os túneis

Honningsvag – the Northernmost city in the world

Today I arrived in Honningsvag, the northernmost city in the world at a latitude of 71⁰North. Honningsvag is a kind of camping base for the backpackers going to Nordkapp. It is the last lodge. It is 33 km before getting to the extreme North of Europe. Many people go there and return at the same day. This is also my plan.
I pedaled 52 kms to get here. I rode through the longest tunnel of the trip, 6870m. The tunnel crosses the ocean reaching 212m below sea level. A freezer! Going up for 4 km.

 


 

A viagem ao redor do globo continua. Suba na garupa e venha comigo nesta aventura!

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA.

Obrigado por me seguir!

Gostou desta postagem? Então curta, comente e compartilhe!

Seu envolvimento me ajuda a manter a motivação!

Você pode colaborar com este projeto ajudando e incentivando, clique no botão abaixo e conheça minha campanha de financiamento coletivo, na plataforma APOIA.se, as recompensas começam a partir de R$8,00 por mês.

20 respostas

    1. Nao errei nao… Hammerfest carrega a fama… mas é só olhar no mapa… hahaha
      Honningsvag esta bem em cima do paralelo 71… Hammerfest está bem abaixo…
      Nao queria te frustrar mas é verdade!!!
      Obrigado pela gentileza… mas vai ficar para a próxima… já passei por ai perto… estava sem net para tentar contato…
      bj

      1. Desculpe amigos, a cidade de Longyearbyen, com 2 mil habitantes, hoteis variados, fica 2 mil km mais ao norte que o cabo norte, a 79º de latitude, na Ilha de Svalbard! Vou algumas vezes por ano lá, em busca da aurora boreal, trabalhando, essa ilha faz parte da Noruega, terra de ursos polares e com uma cidade normal..Abs

  1. Que máximo… vc está quase lá… chegando a seu objetivo!!
    Nós continuamos torcendo por vc 😀
    me manda seu tlf… perdi seu nr 🙁

    Bjosss Rô, Caio e Kjell.

  2. Opa!
    Mas a ilha de Svalbard num faz parte da Europa?
    Se bem que meu passaporte foi carimbado como saindo da Europa quando fui pra lá.
    Bem, de qualquer forma essa cidade deve ser a mais ao norte no continente -área de terra.

    1. Sim, Jabez.
      O arquipélago de Svalbard faz parte da Europa sim. O carimbo que você ganhou no passaporte foi porque você estava saindo da zona Schengen de livre fronteira. Svalbard é parte integrante do Reino da Noruega, mas não faz parte do acordo de fronteiras pois possui uma série de regras próprias (basicamente comerciais) que impedem isso de acontecer.
      O Nordkapp é a ponta mais ao norte da Europa continental, e a cidade mais ao norte do mundo é Longyearbyen, em Svalbard.

      E parabéns pela pedalada, atmagalhaes!

      1. Oi Pedro, obrigado pela aula 🙂
        Desculpea a demora, a resposta caiu no e-mail e ficou perdida.

        Dessavez vez eu não fui pedalar, espero fazê-lo algum dia.

        []’s

        Jabez Soares

  3. Olá, como faz para ir para essa cidade, partindo de Oslo? Existe alguma outra capital (Helsinque, Estocolmo) que é melhor para chegar até aí?

    1. Olá Erik, tudo bem?
      Acho que não sou a melhor pessoa para lhe aconselhar. Eu fui de bicicleta. No entanto sei que se for de carro o caminho preferido pelos noruegueses é pela Suécia. Se for de trem, deve ir a Bodo e de lá seguir de ônibus. Existe um barco que faz esse roteiro também, o serviço é caro e um pouco demorado, mas o passeio é belíssimo.
      Um abrc

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − 2 =